sábado, 28 de agosto de 2010

Lily

   Lily é uma flor !

    Nome Científico: Sprekelia formosissima

   " A felicidade é como a gota de orvalho,
    numa petula de uma flor,
    brilha tranquila, 
    depois de leve ocila,
    e cai como uma lágrima de amor" 

    Vinicius de Morais - Tristeza  



8 comentários:

  1. Você é um doce! Não acreditei quando li meu nome lá do lado direito, em negrito.

    Pessoas assim como você ou são estelionatárias de pessoas (o que não é o seu caso, a bruxa aqui sabe das coisas)ou sofrem muito porque são muito dadas. Isso é muito lindo! Nos encontramos outro dia, a gente mal se conhece e você, o misterioso, fica fazendo uma gracinha dessa.

    Obrigada pela homenagem. Dá vontade de levar lá para a minha página para mostrar para todo mundo, o meu gato (meu...rs!) e essa última postagem, meus presentes. Mas não farei nada. Uma vozinha me diz que você quer ficar bem escondido.

    P.S.: Suzana vem do Hebraico e significa "pura como o lírio". Quando criei CONTOS DE LILY, já havia contos de Suzana. Daí, escolhi lírio em inglês.

    ResponderExcluir
  2. estelionatárias de pessoas! Que frase ótima !
    Sua vozinha esta certa !
    Meu blog é para poucos...
    Ainda sou um novato.
    Adoro saber que você passa por aqui e deixa seus comentários. Fico muito feliz.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Vejam bem, vocês dois, Mais de mim e Suzana...fico eu FELIZ DEMAIS por saber que houve tanta empatia entre vocês...primeiro, comecei eu a me interessar por Lily e Suzana..."sentia" que existia um SER HUMANO atrás de seus blog, alguém com sentimentos, que tinha, como eu, sangue quente pulsando nas veias...e logo de cara nos simpatizamos...O meu "comprador de emoções"sabe bem de minha vida, é com certeza o meu melhor amigo do sexo masculino...tenho pouquíssimos amigos de verdade...que não chegam a preencher a palma de uma de minhas mãos...e como bons amigos, conversamos de TUDO....literalmente TUDO...e ele um belo dia....depois de mil e uma conversas, me disse bem assim:-Quer saber, Bia??Vou montar um blog!!!Eu fiquei muuuuuuuuito feliz, pois o meu blog, o meu OLHAR é como bombril...tem mil e uma utilidades: me serve de terapia, lá extravaso meus sentimentos, lá sou DIRETA, sou INDIRETA, mando recados, faço as pessoas pensarem um pouco, provoco, me mostro,amacio meu ego, me escondo, faço sempre na verdade o que me dá vontade....é um espaço LIVRE, MEU, entra quem quer, e publico os comentários que só eu quero, pois por existir já há quase dois anos, e por ser uma espécie de diário...já "passaram" por lá diversas pessoas que fizeram ou fazem parte de minha vida...
    Então, fico MEGA feliz por saber que ao acaso, atravéz de meu OLHAR...vocês dois se conheceram!!VIVAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!E...se der casamento, já aviso:serei a madrinha!!!!Heheheheheh!

    beijos nos dois!!!

    Biazinha

    ResponderExcluir
  4. CASAMENTO, Bia? Tá doida! Bigamia é crime.

    Só se for casamento de almas.

    Não me assusta não, mulher, acabei de acordar... risos risos risos

    ResponderExcluir
  5. VIVAAAAAAAAAAAA!!!!

    casamento sim!!!

    Beijos e bom dia, boa noite por aí!!

    Biazoca

    ResponderExcluir
  6. Dona Bia,

    Antes, vocês acordam primeiro. Aqui, agora, 19:10. Aí, mais quatro.

    Bem que o meu querido Dr. J dizia: "Suzana, você aqui sentada nesta poltrona e um número enorme de doidos por aí que nem pensam em passar na porta de um consultório de um psiquiatra.".

    Está cedo até para casar as almas. Valha-me Deus, Senhor! Gente doida...rs!

    ResponderExcluir
  7. Absolutely!

    Those are my lips.

    Bom dia!

    ResponderExcluir
  8. Voltei.

    Por duas vezes, eu quis mandar as minhas duas casas aos ares (temperamental...).

    Na primeira vez, postei nos dois endereços, BILHETE NA PORTA DA GELADEIRA. Eu não sabia se voltaria ou ficaria fora pra sempre.

    Na segunda vez, postei FUI COMPRAR BATOM (eu não ia voltar mesmo!) nas duas casas, ou melhor, no espelho.

    Depois, fiz uma publicação em SUZANA. Mas eu não queria voltar. Daí, peguei o post e o publiquei novamente, acrescentado com aquele pequeno texto (viu? sei escrever pouco).

    Contudo, meus amigos vieram com palavras tão belas, dizendo para eu não mudar nada em mim, que estava bom do jeito que estava... decidi então voltar.

    Juntei o pequeno texto aos lábios, no espelho, num dia em que eu surtei geral.

    Tenho fases, feito a Lua (a gente não sangra todo mês?, a gente segue a Lua)e também porque o temperamento aqui é indócil.

    Já que você chegou agora e anda vasculhando as casas (acho que vasculha apenas a casa da Suzana), decidi lhe explicar isso.

    Hoje, só volto mais tarde.

    Um abraço, rattinho.

    ResponderExcluir