segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

O velho Ano Novo

Todo começo de ano, tentamos melhorar, como pessoa e ser humano, fazemos promessas, pulamos "ondas", chupamos uvas, comemos lentilhas e toda uma infinidade de simpatias.
Eu resolvi fazer uma lista de conselhos e objetivos, peguei ensinamentos aqui e ali, coloquei um pouco de preceitos budistas, que inclusive, eu preciso voltar a praticar, frases feitas, alguns bláblablas, enfim, uma pouquinho de auto-ajuda, que eu vou começar dando o exemplo seguindo eu mesmo. 
"Cada atitude, mesmo as mais simples, pode ser uma meditação. 
Siga as instruções:
Preste atenção em tudo que fizer e olhe as ações e os comportamentos repetitivos como uma nova oportunidade de perceber a vida com mais cuidado e amor.
Viva o momento presente.
O passado já se foi e o futuro ainda não existe. O aqui e agora é a única realidade. Por isso relaxe e goze.
A respiração tem o poder de mudar rapidamente seu estado de alma. Em situações de estresse, ansiedade, raiva, tristeza, acalme sua respiração e tenha em mente que todas as situações são passageiras, que tudo está em constante transformação.
Começe bem o seu dia, perceba sua respiração, os batimentos de seu coração, suas tensões, seus pensamentos. Fique assim por alguns minutos, depois respire fundo e vá para o mundo disposto a aceitar o dia como ele vier, como se fosse o primeiro de sua vida. E reze para que não seja o último.
Em cada gesto simples do cotidiano, você pode descobrir novos prazeres. Saboreie a água e cada alimento como um bem precioso, uma fonte de energia vital, mas não deixe de lado a Coca-cola, ela também é vital.


Reserve algum tempo e apenas fique sem fazer nada! Não pense, não contemple, não deseje mudanças.
Simplesmente seja o que é, aceite seu corpo e seus pensamentos.
Lembre-se de olhar para o céu. Isso expande os limites da mente e nos recorda que somos uma pequena parte do imenso Universo, que está sempre em movimento. isso é meio bobagem, até porque nosso céu é cinza e sem estrelas, mas se estamos na estrada ou no campo até que funciona.
No trânsito, mantenha-se atento e seja  gentil com os outros motoristas. Peça e dê passagem. Se ficar muito alterado com a espera, tenha no carro um CD de música tranquila, tipo assim, um Pink Floyd, Enya, Charles Aznavour, vai do teu gosto, tenha também um baseadinho, e algumas balas para a larica. Isso baixa a ansiedade e suaviza a raiva e a impaciência.





No trabalho, quando estiver numa situação de conflito, não reaja imediatamente. Respire e preste atenção, pois sempre há uma maneira de resolver as questões de forma pacífica, com respeito e amorosidade. Caso contrário, você entra na sintonia de ações e pensamentos negativos, ruins para os outros e para você mesmo.
Tenha por perto uma caixa de areia com algumas pedras e modifique a posição delas e o traçado nos grãos a cada dia. Mexer no jardim zen é uma forma de aquietar a mente e uma metáfora da vida: tudo está mudando a todo momento, um dia é diferente do outro e você pode criar o seu presente. Isso é zen pra caraca, se não quer mexer na areia, tente um aquário de peixinhos vermelhos.

Acenda um incenso. Ele marca o tempo de sua meditação ou de qualquer atividade e purifica o ambiente. Além disso, segundo os monges zen-budistas, a fumaça espalha bem-estar para todos os seres e eleva nosso espírito. Eu recomendo um Nag Champa ou Super Hit.
Lembre-se deste provérbio chinês: os mestres podem abrir a porta, mas só você pode entrar.
Espero que eu tenha te ajudado, porque quando a gente ajuda alguem estamos também ajudando a nós mesmos.
Paz no coração
FELIZ 2012, ATRASADO, MAS AINDA NO PRAZO DE VALIDADE.
beijos
Alex Ratto
Obs. espero que funcione.